Comunidade de Ipixuna no AM registra alta na produção de banana

Notícias

A comunidade Bom Lugar, no município de Ipixuna no interior do Amazonas, registrou alta de mais de 30% na produção de banana. Em 2018, a comunidade tinha um total de área plantada de seis hectares com uma produção de 4,9 mil cachos de banana. Hoje, essa produção saltou para mais de 6,6 mil cachos produzidos em uma área de oito hectares de várzea alta, conforme a unidade local do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam).

De acordo com a técnica extensionista rural da unidade, Maria Jaqueline Rocha, o avanço observado se dá pela atuação em parceria do Idam com os demais órgãos de incentivo à produção rural, como é o caso da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) e o Banco da Amazônia, que apoiam o setor agrícola por meio do acesso ao crédito rural.

Segundo Maria Jaqueline a produção “além de abastecer o mercado local, também é destinada à merenda escolar de alunos da rede pública através do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae)”, a extensionista, ao destacou que existem 15 famílias rurais e que 12 delas trabalham com a produção de banana.

Demonstração de Método – Para apoiar esses agricultores com as práticas de campo, o Idam presta assistência técnica continuada por meio de metodologias como a Demonstração de Método (DM), onde são abordadas técnicas de desfolhamento e limpeza do bananal, seleção e desinfecção de mudas de banana, entre outras técnicas que visam a qualidade do produto que chega à mesa do consumidor.

A extensionista explica sobre a importância das técnicas aplicadas no cultivo. “O método de desfolha, por exemplo, é uma técnica que deve ser feita periodicamente nas bananeiras, pelo menos duas vezes ao ano, pois acelera o desenvolvimento do bananal e combate possíveis pragas”, explicou Maria Jaqueline.

Qualidade na produção – O Idam está presente nos 62 municípios do Amazonas prestando orientações técnicas que visam evitar prejuízos no cultivo dos alimentos produzidos no Estado e garantir a qualidade da produção agropecuária, pesqueira e florestal.

 

Fonte – Secom

Edição – Coopnews

Foto – Divulgação