Conab realiza encontros de oportunidades de negócio para extrativismo

Notícias

A Companhia Nacional de Abastecimento vai realizar encontros com produtores extrativistas dos estados do Acre, Paraíba, Pará e Bahia nos meses de outubro e novembro, para divulgar e ampliar o acesso à Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), uma medida do governo federal de estímulo aos pequenos agricultores que vivem da extração de frutos da floresta.

O foco dos organizadores dos eventos está na aproximação de compradores e vendedores de produtos da sociobiodiversidade, para que sejam criadas mais oportunidades de negócio e realizada abertura de novas fontes de comercialização para os que vivem dessa atividade. A medida tem parceria com a Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SAF/Mapa), que liberou cerca de R$ 522 mil para a operacionalização e desenvolvimento das ações.

Serão realizados quatro encontros com cerca de 50 representantes do setor extrativista, incluídos aí associações de produtores, cooperativas, órgãos de assistência técnica e empresas que têm interesse socioambiental na comercialização dos produtos. Para isso, os técnicos da Conab farão viagens a diversos municípios com vistas aos procedimentos de divulgação, orientação e capacitação dos beneficiários sobre a PGPM-Bio, quando aproveitarão para conhecer e acompanhar os processos de comercialização, além de estabelecer parcerias locais.

A política está presente hoje em todos os biomas nacionais, dos Pampas à Amazônia e do Cerrado à Mata Atlântica, garantindo a sustentação de preços de 17 produtos originários desses biomas, tais como açaí, babaçu, baru, borracha natural, castanha-do-brasil, pequi e outros. Ela garante renda ao produtor, ao oferecer apoio à comercialização dessas mercadorias. O pagamento das subvenções às famílias extrativistas amenizam os efeitos da desvalorização do preço de mercado em seus produtos, quando são vendidos abaixo do valor mínimo oferecido pelo governo.

Entre os beneficiários, estão também os assentados da reforma agrária, indígenas, integrantes de comunidades remanescentes de quilombos, agricultores familiares e demais povos e comunidades tradicionais.

Encontros de Oportunidades de Negócio, vao acontecer no Acre na cidade de Rio Branco, entre os dias, 30 e 31 de outubro. Na Paraíba o acontecimento esta marcado para João Pessoa, no dias 12 e 13 de novembro. No Pará
será Belém, entre 21 e 22 de novembro. Fechando as atividades o útimo ebento será em Salvador, na Bahia, entre 26 e 27 de novembro.

 

Fonte – Agro News

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta