Cooperativismo e Economia Solidária serão temas de debate em Brasília

Notícias

Por um Brasil Cooperativo e Solidário. Esta será a bandeira levantada por mais de cem representantes do cooperativismo e da economia solidária de todo o Brasil. Elas e eles estarão reunidos em Brasília na próxima semana para o Seminário Nacional do Cooperativismo e da Economia Solidária, promovido pela Unicopas (União Nacional das Organizações Cooperativistas Solidárias).

A abertura do evento ocorrerá com um ato na Câmara dos Deputados cujo principal objetivo será fazer um debate entre sociedade civil e parlamentares sobre o cooperativismo e a economia solidária enquanto estratégias de desenvolvimento sustentável para o Brasil. A atividade – aberta ao público – será realizada na próxima terça-feira, 21 de maio, a partir das 9h30, no Plenário 2.

“Sabemos que o cooperativismo e a economia solidária são capazes de promover trabalho digno e decente, com inclusão e justiça social, geração de renda e respeito ao meio ambiente. Por isso, vamos levar as nossas pautas para dentro do Congresso Nacional para que, juntos, possamos construir estratégias para um desenvolvimento mais sustentável para o Brasil”, destaca Arildo Lopes, presidente da Unicopas.

Fomento do desenvolvimento local com autogestão, emancipação e autonomia. Essas são as premissas do cooperativismo e da economia solidária. Garantir políticas públicas que garantam esse modelo de desenvolvimento é fundamental para que o Brasil cresça com sustentabilidade. “Por isso, acompanhar as pautas do Congresso, assim como incidir na construção dessas políticas é fundamental”, acrescenta Lopes.

Nesta perspectiva, os participantes do seminário também participarão da Formação Nacional em Incidência Política, Monitoramento e Construção de Políticas Públicas. A atividade ocorrerá de 20 a 23 de maio, também em Brasília.

O Seminário Nacional do Cooperativismo e da Economia Solidária: Formação Nacional em Incidência Política, Monitoramento e Construção de Políticas Públicas faz parte das atividades desenvolvidas pelo projeto “Fortalecimento da Rede Unicopas”, financiado pela União Europeia.

A Unicopas

Criada em 2014, a União Nacional das Organizações Cooperativistas Solidárias (UNICOPAS) nasceu com o objetivo de atuar na concepção e no fortalecimento do cooperativismo e da economia solidária no Brasil. Isso porque acredita que essas são alternativas estratégicas na promoção de um desenvolvimento com sustentabilidade, equidade e justiça social.

Congrega quatro grandes centrais do cooperativismo e da economia solidária do país: União Nacional das Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária (UNICAFES), Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários do Brasil (UNISOL Brasil), Confederação Nacional das Cooperativas de Reforma Agrária do Brasil (CONCRAB) e União Nacional de Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis do Brasil (UNICATADORES).

A Unicopas representa mais de 2.500 cooperativas, associações produtivas e empresas de autogestão do campo e da cidade, agregando cerca de 800 mil associados e associadas. Entre eles: agricultoras e agricultores familiares, catadoras e catadores de materiais recicláveis, assentadas e assentados da reforma agrária, povos e comunidades tradicionais (indígenas, ribeirinhos, quilombolas e extrativistas), pessoas com deficiência psicossocial, trabalhadoras e trabalhadores de empresas recuperadas, mulheres, homens e jovens integrantes de empreendimentos econômicos solidários, núcleos de mulheres e jovens urbanos e rurais, artesãs e artesãos, entre outros.

 

Fonte – Unicopas

Foto – Divulgação