Cultivo de tambaqui em tanque escavado é tema de curso em Itacoatiara (AM)

Notícias

O uso de tecnologias já validadas pode proporcionar ganhos de produtividade na criação de peixes no Amazonas, especialmente do tambaqui que é a espécie mais explorada comercialmente no estado. Com o objetivo de repassar a produtores orientações sobre essas tecnologias, a Embrapa Amazônia Ocidental promove o curso “Cultivo de tambaqui em tanque escavado”, em Itacoatiara (AM), nos dias 25 e 26 de junho. Ministrado pelos pesquisadores Roger Crescêncio e Antônio Cláudio Uchoa Izel, a capacitação é uma ação do projeto Transferência de Tecnologias para o Desenvolvimento da Piscicultura no Estado do Amazonas – Peixe-Pró.

De acordo com oi pesquisador Roger Crescêncio, o estado do Amazonas possui excelentes características para a piscicultura, como clima quente o ano inteiro, abundância de água, solos impermeáveis e um grande mercado consumidor. E a produção de tambaqui, carro chefe da piscicultura regional, já se firmou como uma cadeia produtiva altamente rentável que vem crescendo ano a ano. “A atividade deve ser conduzida de forma profissional, utilizando-se as técnicas corretas desde o recebimento dos alevinos até a despesca e comercialização”, ressalta. Crescêncio acrescenta que, se bem conduzida, a piscicultura pode ser uma opção econômica altamente rentável, aumentando a geração de renda no campo e o fornecimento de alimento de qualidade para o mercado consumidor.

Nos dias de curso serão desenvolvidas atividades teóricas e práticas, envolvendo temas como: escolha de área e construção de viveiros; transporte e recepção de alevinos; equipamentos e apetrechos; recria; engorda; manejo alimentar e nutrição; qualidade da água; sanidade; sistemas de produção; índices zootécnicos e despesca. No dia 25 o curso será realizado no auditório do Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) e dia 26, no Sítio São Raimundo, localizado na comunidade Santo Antônia. Inscrições e mais informações pode ser obtidos no escritório do Idam de Itacoatiara, (92) 35211207

Fundo Amazônia – O projeto “Transferência de Tecnologias para o Desenvolvimento da Piscicultura no Estado do Amazonas – Peixe-Pró” faz parte do Projeto Integrado para a Produção e Manejo Sustentável do Bioma Amazônia (PIAmz), financiado pelo Fundo Amazônia e operacionalizado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O PIAmz busca promover a produção e a disseminação de conhecimentos e tecnologias voltadas para a recuperação, conservação e uso sustentável da Amazônia, por meio de apoio a projetos e ações de pesquisa, desenvolvimento, transferência de tecnologia, intercâmbio de conhecimentos e comunicação rural.

 

Fonte – Embrapa

Foto – Divulgação