Dirigentes da Fetagri/AM buscam parceria com a Embrapa Amazônia Ocidental

Notícias

Representantes da equipe de transferência de tecnologia da Embrapa Amazônia Ocidental receberam dirigentes da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Amazonas (Fetagri/AM), na última sexta-feira (12/04), para discutir parcerias entre as duas instituições. Segundo a presidente da Fetragri/AM, Edjane Rodrigues Meireles, o objetivo da reunião foi buscar uma maior aproximação entre os agricultores vinculados à federação e o centro de pesquisa.

De acordo com os dirigentes da Fetagri, foram elencadas 10 cadeias produtivas para que a Embrapa possa contribuir com ações de transferência de tecnologia e de capacitação de produtores. Entre as cadeias estão a da mandioca, peixe, banana, abacaxi, pecuária de leite, castanha-do-brasil, borracha, juta e malva, guaraná e açaí. O supervisor do Setor de Prospecção e Avaliação de Tecnologias (SPAT) da Embrapa Amazônia Ocidental, José Olenilson Costa Pinheiro salientou que nas cadeias em que já existem soluções tecnológicas disponíveis é possível desenvolver ações de transferência.

Costa Pinheiro ressaltou ainda que a Embrapa desenvolve durante todo uma série de capacitações, tanto na sede da empresa como em municípios do interior, e que os agricultores vinculados à federação podem participar desses cursos. “Na semana do dia 22, por exemplo, estaremos oferecendo quatro capacitações em Manacapuru, que atende algumas das demandas da Fetagri”. Para melhorar o acesso dos produtores, a equipe da Embrapa ficou de informar a programação para que a direção da Fetagri possa pulgar entre os produtores.

Quando a um programa mais específico de transferência de tecnologia, Pinheiro disse que a Embrapa está disponível, mas é preciso antes formalizar um acordo de cooperação técnica entre as duas instituições. Para isso, segundo o pesquisador, é preciso aprofundar um pouco mais as demandas dos produtores e fazer um plano de trabalho que direcione as ações no futuro.

 

Fonte – Embrapa

Foto – Divulgação