Em Manaus, cooperativa de mototaxista cria aplicativo e aumenta número de clientes

Notícias

A Cooperativa de Mototaxistas do Amazonas (Coomtam), procurando facilitar o contato com o usuário, lançou no mês passado o atendimento através de um aplicativo. O usuário tem o serviço no sistema operacional Android que, além de atender de forma rápida, traz segurança aos usuários e aos 80 cooperados cadastrados e ativos.

Para o presidente da Coomtam, Maurício André Paiva, o projeto tem o objetivo de se adiantar em relação às tecnologias. Ele destacou que a demanda já existia devido à chegada de aplicativos como Uber e 99 Pop.

Um trabalho semelhante está sendo realizado na Bahia desde 2015.

O preço é padronizado, a tarifa tem o custo de R$ 3,50, somada a quantia de R$ 1,15 por quilômetro rodado na bandeira 1, usada no horário de 6h às 20h. Na bandeira 2, entre 20h às 6h da manhã, os mototaxistas cobram R$ 1,30 por quilômetro.

O preço de uma corrida pelo aplicativo, de acordo com Maurício Paiva, chega a ser 30% abaixo do valor cobrado pelos mototaxistas que não são cooperados. Ainda conforme o presidente, a cooperativa não cobra taxas dos mototaxistas pelas corridas, ajudando na formação do preço final ao usuário. Para manter o aplicativo ativo, a Coomtam recebe a taxa de R$ 20,00 por mês de cada cooperado.

Neste primeiro mês de funcionamento, de acordo com a direção da cooperativa, foram realizados mais de 500 downloads do aplicativo.

A divulgação do trabalho é realizado pelos mototaxistas, com ajuda dos familiares e no sistema “boca-a-boca”; os cooperados também tem colado cartazes pela cidade de Manaus. O objetivo é aproximar de clientes e dos mototaxistas que queiram se filiar.

A cooperativa tem sede na rua Coronel Silvino Cavalcante, nº 7, conjunto Santos Dumont, bairro Flores, zona Oeste da capital amazonense.

Redação Portal Coopnews

Deixe uma resposta