Empreendedorismo Feminino – elas representam 51% da força de trabalho nas empresas

Notícias

Em 2014 a ONU criou o Dia Mundial do Empreendedorismo Feminino, a data comemorativa é 19 de novembro? O empoderamento da mulher e a defesa da igualdade de gêneros são metas da ONU e a data é comemorada em 153 países.

A data, fomenta a discussão sobre igualdade de gênero dentro das organizações.

Conhecido como Global Week Entrepreneurship ou Semana Global do Empreendedorismo – a data surgiu em 2007, pelo incentivo do ex-primeiro ministro britânico Gordon Brown e por Carl Schramm, presidente da Fundação Kauffmann, entidade que trabalha para promover uma sociedade mais empreendedora com a criação de emprego, inovação e economia.

A semana do empreendedorismo foi criada na Inglaterra em 2008, sempre celebrada em novembro, quando são realizadas atividades para inspirar e capacitar pessoas. No Brasil, a data é seguida desde a primeira edição.

Quando o assunto é representatividade na área, as mulheres representam cerca de 51% no mercado de empresas no Brasil.

Uma pesquisa do Sebrae mostra que a cada dez micro e pequenas empresas (MEI) sete superam a marca de dois anos de existência.

A participação feminina, de acordo com o site da revista Exame vem crescendo nos últimos anos. Em 2003 – 29% das mulheres empreendiam, em 2017 já eram 51%. O aumento foi de mais de 65% em 14 anos, conforme os dados do GEM (Monitoramento de Empreendedorismo Global). A vontade de ficar com os filhos, a necessidade de realização profissional e o empoderamento feminino contribuíram para os avanços no segmento.

Segundo a Rede Mulher Empreendedora (RME), o resultado feminino na sociedade é multiplicador, quando após prosperarem financeiramente, ao invés de gastarem apenas em compras pessoais, elas investem nos filhos, na família e principalmente na comunidade onde vivem. Engrandecendo toda a sociedade.

Fonte – Redação Coopnews com informações da RME

Foto – Divulgação