Frente parlamentar denuncia concorrência desleal entre grandes e pequenos produtores de bebidas

Notícias

Foi relançada na Câmara dos Deputados, na quarta-feira (25), a Frente Parlamentar Mista Bebidas Brasil. O grupo, composto por 208 deputados e três senadores, pretende melhorar o ambiente de negócios para pequenos e médios produtores de bebidas.

Entre as demandas do setor, estão tributação proporcional para todas as empresas do ramo e incentivos à produção nacional, segundo o presidente do colegiado, deputado Guiga Peixoto (PSL-SP).

“Os pequenos fabricantes enfrentam uma concorrência desleal das grandes corporações. Queremos fazer esse ajuste e incentivar a entrada de novas empresas no segmento”, disse.

Benefícios tributários

O presidente da Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil (Afrebras), Fernando Rodrigues de Bairros, destacou que o setor não consegue hoje competir em igualdade de condições com as indústrias instaladas na Zona Franca de Manaus, que contam com benefícios tributários.

“A Zona Franca de Manaus, as fábricas de concentrados, o concentrado que é uma matéria prima da fabricação do refrigerante, isso ela destrói muita concorrência, porque tudo que vem da Zona Franca de Manaus vem superfaturado.

“Quanto maior o faturamento, maior a transferência de créditos que vai para as fábricas, isso gera uma concorrência desleal”, afirmou. “Os preços das grandes corporações do setor de bebidas acabam sendo subsidiados pelo Estado. Já os pequenos fabricantes não conseguem concorrer em função dessa falta de prefixação correta nos mercados.”

 

Fonte – Agência Câmara

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta