Inpa participa de banquete em apoio ao Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional

Notícias

Nesta quarta-feira (27), aconteceu em cerca de 30 cidades brasileiras um movimento intitulado “Banquetaço” em prol da reinstalação do Conselho Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea-Nacional), como instrumento de defesa ao direito à alimentação saudável e adequada. Em Manaus, a ação recheada de “comida de verdade” é coordenada por várias organizações, incluindo o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC),o evento aconteceu no Largo São Sebastião, no Centro de Manaus-AM.

A atividade ocorreu na véspera da votação pelo Congresso Nacional da Medida Provisória nº 870/2019, que extinguiu o Conselho. Em todo o Brasil, o “Banquetaço” servirá mais de 15 mil refeições preparadas principalmente com produtos da agricultura familiar e agroecológicas.

Na capital do Amazonas, são esperadas de 600 a 1000 pessoas. Além da apresentação da alimentação saudável e adequada, haverá Roda de Conversa, atividades culturais e música regional.

Preparações

Entre as preparações feitas no Laboratório de Alimentos e Nutrição (Lan/Inpa) estão torta de jaca verde, ceviche pirarucu, pirarucu ao molho de tucupi, picles de pepino e quiabo, patê de pupunha, bolos de banana e de cenoura, brigadeiro de biomassa de banana verde, pão de espinafre amazônico (orelha de macaco), tortas de plantas alimentícias não convencionais (Panc) – cariru, espinafre amazônico, vinagreira, ora-pro-nóbis, semente abóbora.

Para beber, serão servidos sucos verdes a partir do limão galelo e do taiti, cariru, hortelã e couve, por exemplo, para quem levar o seu copo. A ideia é evitar a produção lixo e contribuir com a sustentabilidade. As preparações também seguem a mesma proposta, e serão servidas em folhas de bananeira e repolho, que utilizadas como se fossem pratinhos.

Papel do Consea

O Consea é um órgão que integra o Sistema Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional (Sisan). A sua principal função é o monitoramento e avaliação de políticas públicas de segurança alimentar e nutricional. Tem como visão promover o direito humano à alimentação adequada, em regime de colaboração com as demais instâncias do Sisan.

De acordo com a pesquisadora do Inpa, a nutricionista Dionísia Nagahama, o movimento visa dar visibilidade à importância do Consea, o qual vem exercendo papel importante no diálogo entre governo e sociedade civil, visando o planejamento, a execução e o monitoramento de programas e políticas públicas voltadas à segurança alimentar.

“É importante que permaneçam os debates sobre o direito à alimentação adequada e à segurança alimentar e nutricional, especialmente neste momento em que o país enfrenta um quadro epidemiológico desfavorável”, destacou Nagahama, que é representante do Inpa no Consea-AM, junto com a coordenadora de Tecnologia Social, a psicóloga Denise Gutierrez.

Ainda conforme a pesquisadora, esse quadro epidemiológico inclui a predominância da produção não sustentável de alimentos, do grande consumo de agrotóxicos, do aumento do consumo de ultraprocessados e do excesso de peso e prevalências alarmantes das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), que corresponde a cerca de 70% das causas de mortes, atingindo fortemente grupos vulneráveis.

Organização

No Amazonas, o “Banquetaço” é organizado pelo Consea-AM, Inpa, Slow Food, Rema, Sepror, ADS, Coletivo Caxxyri, CRN7, Raiz Artes e CSA Manaus.

 

 

Fonte – Inpa

Foto – Divulgação