No Amazonas produtos da PGPM-Bio tem custos de produção retificados

Notícias

Borracha natural, cacau e castanha do brasil produzidos em Manicoré terão os custos atualizados. A ação acontece a partir desta segunda-feira (15) e segue até a sexta (19). Para isso, técnicos da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) se reunirão com os diversos segmentos que compõem o processo produtivo do produtos extrativos em análise.

Durante os encontros serão levantadas as informações quanto aos gastos que envolvem a produção, incluindo o uso de insumos, mão de obra e demais investimentos para cada cultura e assim definir os parâmetros de preços com base nas atividades desempenhadas.

As informações levantadas subsidiarão a elaboração dos preços utilizados pelo governo federal na execução de programas e políticas de apoio ao produtor, como a Política de Garantia de Preços Mínimos para os Produtos da Sociobiodiversidade (PGPM-Bio), que garante uma subvenção quando os produtos extrativos da pauta da política são vendidos abaixo do preço mínimo estabelecido pelo governo.

A PGPM-Bio visa o fortalecimento e o desenvolvimento socioeconômico dos povos e comunidades tradicionais, a permanência do homem na floresta e a garantia de renda, além de conservação, preservação e uso sustentável dos recursos naturais.

Fonte – Conab

Foto – Divulgação