OCB participa da 5ª Cúpula de Cooperativas das Américas

Notícias

O Cooperativismo frente aos desafios globais. Esse foi o tema da quinta edição da Cúpula de Cooperativas das Américas, que terminou hoje, em Buenos Aires, na Argentina. O evento é realizado pelo pela Aliança Cooperativa Internacional para as Américas e reuniu mais de 1,5 mil cooperativistas de 26 países, incluindo do Brasil.

A ACI-Américas é um organismo internacional que congrega as organizações cooperativistas no continente americano. Durante quatro dias de trabalho, 28 atividades foram organizadas no âmbito da cúpula. Os delegados puderam participar de debates divididos em três eixos: defesa do planeta, serviços financeiros e cooperativismo e os desafios globais. Além dos debates nos três eixos, foram organizadas reuniões com os ramos e os comitês de jovens e de gênero.

Durante a V Cúpula, também foi realizada a Assembleia Geral da ACI-Américas, que elegeu a nova presidente e ratificou os membros do Conselho de Administração. Pela primeira vez na história, a organização será liderada por uma mulher. Graciela Fernandez, presidente da Confederação Uruguaia de Cooperativas foi aclamada unanimemente presidente da ACI-Américas.

A Assembleia Geral também aprovou a indicação dos membros do Conselho de Administração. Formado por um representante de cada um dos 23 países membros da ACI nas Américas, o Conselho tem a responsabilidade de desenvolver o planejamento estratégico e financeiro, assim como auditar as atividades do escritório regional. O representante do Brasil no Conselho será José Alves Souza, presidente da Uniodonto do Brasil, indicado das oito organizações membros da ACI no Brasil.

Ao final do evento, os delegados renovaram o compromisso do movimento cooperativista com os 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidades e que preveem a erradicação da pobreza extrema no mundo nos próximos 12 anos. A Cúpula também resultou em uma carta de compromisso em que os dirigentes cooperativistas se comprometem a trabalhar em prol da integração do movimento nas Américas, assim como coordenar esforços para o cumprimento da Agenda 2030.

Fonte – OCB

Foto – Divulgação