OMT lança concurso global para premiar cases de turismo gastronômico

Notícias

A Organização Mundial do Turismo (OMT) e o Centro Culinário Basco lançaram em meados de novembro, o primeiro Concurso entre Startups de Turismo Gastronômico, iniciativa pioneira para o setor e com um apelo global. A ideia é reconhecer e premiar cases inovadores, capazes de revolucionar e integrar a gastronomia ao turismo, inspirando os turistas com novos caminhos e motivos para viajar. As inscrições estão abertas até 5 de março de 2019.

O patrimônio cultural imaterial tornou-se fator decisivo para os turistas. O turismo de gastronomia, como componente e veículo de cultura e tradição, é recurso indispensável que agrega valor e oferece soluções para destinos que buscam se destacar por meio de ofertas exclusivas de produtos. “Investimentos em inovação e turismo não são fins em si, mas meios para promover produtos turísticos, melhorar a governança do turismo e aproveitar sua comprovada capacidade de promover a sustentabilidade, criar empregos e gerar oportunidades”, disse Zurab Pololikashvili, secretário-geral da OMT.

Empresas e pessoas físicas de todo o mundo podem se inscrever, sendo que o principal critério de seleção é apresentar soluções disruptivas para problemas reais do setor de turismo e gastronomia. As startups serão convidadas a apresentar modelos de negócios relacionados à sustentabilidade, respeitar a cadeia de valor, oferecer uma narrativa autêntica e agregar valor ao patrimônio cultural e local. O prazo final para apresentar as candidaturas é 5 de março de 2019.

Foco em sustentabilidade

As entidades responsáveis pela competição delegaram ao “Ação Culinária!”, programa desenvolvido pelo departamento de inovação do Centro Culinário Basco, a tarefa de selecionar as startups que se adequem à iniciativa. “Educação e inovação são essenciais para o desenvolvimento do turismo gastronômico sustentável. Apoiamos o empreendedorismo e o desenvolvimento de novos projetos de negócios para garantir o futuro do setor”, disse Joxe Mari Aizega, gerente geral do Centro Culinário Basco.

Em 1º de abril, serão anunciadas as cinco startups finalistas. O resultado será anunciado durante a quinta edição do Fórum Mundial de Turismo Gastronômico, que acontece de 2 a 3 de maio de 2019, em San Sebastián, na Espanha.

A gastronomia brasileira é um dos itens mais bem avaliados por estrangeiros que visitam o país. Segundo um estudo realizado pelo Ministério do Turismo, 95,7% dos viajantes internacionais que estiveram no país em 2017 avaliaram positivamente a culinária dos destinos brasileiros. Os destinos que mais se destacaram foram São Paulo, Goiás, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Espírito Santo e Brasília.

Florianópolis, capital catarinense, com sua culinária à base de massas e frutos do mar; Paraty (RJ), onde a culinária reúne elementos da cozinha caiçara e uma fartura de peixes, e Belém (PA), onde predominam pratos ligados à cultura indígena, além de influências africana e portuguesa, possuem o título de Cidades Criativas para a Gastronomia, concedido pela Unesco.

 

 

Fonte – OMT

Foto – Divulgação