Prefeito de Autazes defende fortalecimento do setor primário em reunião no MPE

Notícias

Em reunião na sede do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE), nesta segunda-feira, 6, o prefeito de Autazes, Andreson Cavalcante (sem partido), defendeu a produção de queijo artesanal do município, no intuito de alavancar o setor primário. Uma comitiva de vereadores acompanhou o prefeito, como forma de fortalecer o tema junto a orgãos que atuam diretamente no segmento.

“Provocamos essa reunião com representantes de órgãos do setor primário e convidamos o Ministério Público do Estado a participar. Defendemos os interesses do povo de Autazes, da nossa economia, especificamente da produção do queijo artesanal, setor que mais gera emprego e renda no município. É necessário buscar alternativas para fortalecer a nossa economia”, ressalta Andreson Cavalcante.

Participaram os titulares da Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), Petrúcio Junior; da Federação da Agricultura e Pecuária do Amazonas (FAEA), Muni Lourenço; da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas (Adaf); do Ministério da Agricultura; do MPE; além de produtores rurais de Autazes, Itacoatiara e Careiro Castanho.

Na ocasião, a FAEA propôs a assinatura de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) para que, num prazo de dois anos, a economia seja fortalecida. “Se Deus quiser tudo será construído de maneira a beneficiar a nossa economia e assegurar um queijo de qualidade para nossos consumidores”, ressalta o prefeito.

Além do prefeito Andreson, a comitiva de Autazes contou com o vice-prefeito Marcelo Tupinambá (PSDB) e as vereadores Daniela Sampaio (SD), Diana Guedes (DEM), Suely Lopes (PT) e Enfermeira Helen (PR).

 

Fonte – PMA

Foto – Divulgação