Quinze produtos contam com bônus este mês no Programa de Garantia de Preços

Notícias

Agricultores familiares que cultivam babaçu, banana, batata, borracha natural, cacau (amêndoa), cana-de-açúcar, cará/inhame, cebola, feijão caupi, mamona em baga, manga, maracujá, mel e raiz de mandioca contarão com o bônus do Programa de Garantia de Preços para a Agricultura Familiar (PGPAF) para os financiamentos destas culturas.

Os preços de mercado e o bônus de desconto referem-se ao mês de setembro e têm validade para o período de 10 de outubro a 9 de novembro.

O feijão caupi, por exemplo, terá bônus em sete estados: Mato Grosso, de 69,99%, Tocantins, de 66,88%, Maranhão, de 55,83%, Pará, de 33,12%, Piauí, de 26,32%, Rio Grande do Norte, de 25,42% e Ceará, de 20,4%. É também o produto com o maior bônus em todos os estados.

O babaçu (amêndoa) terá bônus em quatro estados, em Tocantins, onde o preço de mercado ficou em R$ 1,50 o quilo, o preço de garantia cotou em R$ 3,04 registrando bônus de 50,66%.

Os estados que integram a lista deste mês são: Acre, Amapá, Pará, Tocantins, Ceará, Maranhão, Piauí, Espirito Santo, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Goiás, Mato Grosso, Amazonas, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e rio Grande do Norte.

O bônus é calculado mensalmente, pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), e divulgado pela Secretaria da Agricultura Familiar da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (SAF/Sead). A Conab faz um levantamento nas principais praças de comercialização dos produtos da agricultura familiar e que integram o PGPAF.

Confira a tabela abaixo com os produtos e estados contemplados:

 

 

Fonte – MDA

Foto – Divulgação