Fechado pela segunda vez, por conta da pandemia, Museu da Amazônia promove campanha

Turismo

As campanhas de mobilização Amigos do Musa e Amicus Flora ganharam incentivo e uma significativa contribuição. Atendendo ao apelo feito aos sócios e amigos para auxiliar o Museu da Amazônia (Musa) no pagamento de salários de seus colaboradores, a Bemol doou neste fim de Janeiro ao MUSA a quantia de R$100 mil. De Março a Junho de 2020 o Museu da Amazônia ficou fechado. Agora, novamente, foi necessário suspender a visitação por conta da pandemia. “A Bemol tem auxiliado o Musa nestes últimos dez anos contribuindo para o financiamento das exposições “Peixe e Gente”, “Aturás Mandiocas e Beijus” e agora “Passado Presente – Dinos e Sauros da Amazônia”, nossa futura exposição de Paleontologia e História geológica da Amazônia.”, explica Ennio Candotti, diretor do Musa.

Mais ajuda: Pelo menos 35 pessoas e instituições também já colaboraram com o Musa através do projeto Amicus Flora. Lançado há seis meses, a ideia de adotar uma árvore do Museu recebeu adeptos, inclusive de fora do Brasil.

“Há mais de um ano nossa receita se centraliza na bilheteria, com o valor das entradas dos visitantes. Fechados não temos recursos para arcar com todas as despesas que envolvem a manutenção de toda a área do Museu. Nossos colaboradores que cuidam da manutenção das exposições, aquários, da torre e do Jardim Botânico ganharam novo ânimo para resistir nestes dias difíceis do combate à pandemia da Covid-19”, agradeceu Candotti.

Como doar:

Amigos do Musa: As cotas variam de R$1mil a R$100mil. O valor do Amigos do Musa é revertido para permitir ao Musa maior estabilidade financeira e manter as áreas de exposição dedicados às orquídeas, borboletas, fungos, aracnídeos, serpentes, peixes e samambaias, assim como o lago das vitórias-amazônicas e o jardim sensorial. Um grande painel na entrada do Musa Jardim Botânico registrará, ao longo de dois anos, o nome do amigo ou o nome e a logomarca da empresa doadora. Ingressos também são oferecidos aos doadores para a visitação ao Musa para serem utilizados durante o período de um ano.

Amicus Flora: adote uma árvore no Musa. As árvores que participam do projeto estão identificadas e geolocalizadas. Para adotar, é necessário escolher uma das espécies listadas no site do Musa e fazer a solicitação. O valor da adoção é de R$500 por ano. A madrinha ou padrinho, tem gratuidade na entrada para visitação sem guia durante o período e a espécie adotada recebe uma placa com registro do nome do adotante ou da empresa.

Para doar envie e-mail para musa@museudaamazonia.org.br ou acesse .

 

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta