Termina neste domingo as inscrições para o concurso que vai eleger as melhores vilas turísticas do mundo

Turismo

As inscrições para a 2ª edição do concurso mundial “Melhores Vilas Turísticas”, realizado pela Organização Mundial do Turismo (OMT), em parceria do Ministério do Turismo (MTur), estão chegando na reta final. As localidades rurais interessadas têm até domingo, 12 de junho, para realizar a candidatura junto ao MTur. CLIQUE AQUI e tenha acesso à documentação.

O ministro do Turismo, Carlos Brito, incentiva a inscrição das vilas e esclarece que a participação do Brasil no concurso dá ainda mais visibilidade às belezas naturais do país. “A ação vai promover e valorizar as nossas vilas rurais, que fazem parte da história do nosso povo. Sabemos que essas propriedades preservam uma gama de conhecimentos, tradições e culturas locais. Precisamos fazer com que essa riqueza seja reconhecida pelo mundo”, ressalta Brito.

O concurso tem como objetivo identificar vilas que tenham adotado abordagens inovadoras e transformadoras para o turismo nas áreas rurais e que estejam alinhadas aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Organização das Nações Unidas (ONU). Podem participar localidades rurais com até 15 mil habitantes, localizadas em uma paisagem que abrigue atividades tradicionais, como agricultura, silvicultura, pecuária ou pesca e que compartilhem os valores e o estilo de vida da comunidade.

Em 2021, primeiro ano da realização do concurso, a Rota do Enxaimel, situada na região do Vale do Itajaí, em Santa Catarina, foi uma das ganhadoras. A rota é considerada a principal região para a preservação da cultura e tradições germânicas no Brasil. O percurso proporciona experiências relacionadas ao patrimônio imigratório, produtos agrícolas e coloniais, artesanato, trilhas ecológicas e atividades esportivas. Os atrativos de destaque incluem ainda parques, museus e cervejarias.

INSCRIÇÃO – Os interessados devem enviar, até 12 de junho, a documentação necessária para o e-mail candidaturas@turismo.gov.br, em português e em inglês ou espanhol. As dúvidas sobre a seleção podem ser encaminhadas para o mesmo endereço eletrônico. As candidaturas podem ser encaminhadas por entidades públicas ou privadas, associações, pessoas físicas ou jurídicas, que representem as comunidades. Caso a inscrição seja iniciativa do setor privado ou terceiro setor, deve-se indicar no formulário que a candidatura conta com a anuência da prefeitura ou do órgão oficial de turismo do município a que a vila se vincule.

Mais informações também estão disponíveis no site da OMT. CLIQUE AQUI e tenha acesso.

SELEÇÃO – No Brasil, o Ministério do Turismo é o responsável por receber as inscrições e selecionar três representantes do país, que participarão do concurso em nível global. O MTur levará em consideração três critérios para classificação dos destinos. São eles: 1. estar posicionado digitalmente e conseguir divulgar seus produtos turísticos; 2. possuir ações de turismo de base comunitária ou produção associada a cadeias, como a de alimentos e de artesanato; 3. dispor de um evento tradicional com visitação turística no calendário oficial.

Segundo a OMT, após a seleção interna de cada país, as candidaturas serão avaliadas por um Conselho Consultivo externo independente, composto por especialistas nas diferentes áreas com base nas nove áreas de avaliação que abrangem recursos naturais e culturais, bem como iniciativas nos três pilares da sustentabilidade (econômico, social e ambiental). O resultado do concurso será anunciado no final do ano.

 

Fonte – Mtur

Foto – Divulgação 

Deixe um comentário