Turismo de Cruzeiros injetou quase R$ 12 milhões na economia do Amazonas

Variedades

Cerca de R$ 11,8 milhões já foram injetados na economia amazonense desde setembro, provenientes dos turistas que passaram pelo Estado na primeira fase da Temporada de Cruzeiros, que recebe, na próxima terça-feira (26/12), o oitavo navio, M/S Viking Sea, o último de 2017, segundo informou a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur).

Até o dia 2 dezembro, quando o Amazonas recebeu o navio Prinsendam, mais de 6,5 mil turistas já haviam passado pelo Estado na Temporada de Cruzeiros 2017/2018. A previsão é que na primeira fase da temporada mais de 7 mil turistas passem pelo Estado.

O resultado parcial dessa movimentação econômica foi baseado no gasto médio diário desses turistas de cruzeiros no valor de US$ 280, que chega na casa dos R$ 900. De acordo com o levantamento da
Amazonastur, esses gastos são utilizados no destino, ou seja, na compra de artesanato, souvenirs, no
gasto com restaurantes, transporte, ingressos nos espaços culturais, casas noturnas, entre outros
serviços.

Oitavo navio – De bandeira norueguesa, o M/S Viking Sea, antes do porto de Manaus, passou pela terra dos bumbás Caprichoso e Garantido, na segunda-feira (25/12). Da capital amazonense, o navio descerá o rio Amazonas em direção à capital paraense, Belém, seu próximo porto na região amazônica.

Com cerca de 1,4 mil turistas, a maioria norte-americanos, os visitantes terão uma agenda de atividades
muita intensa em dois dias que ficarão em Manaus. A programação deles tem como destaque as visitas ao Teatro Amazonas, ao Lago do Janauary, à Comunidade Indígena e à Vila Paraíso.

Receptivo – Os turistas serão recepcionados pelos colaboradores da Amazonastur e da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult) e receberão guias bilíngues e artesanatos. O desembarque em Manaus será acompanhado pela Polícia Militar do Amazonas, por meio da Polícia Turística (Politur). A Temporada de Cruzeiros 2017/2018 iniciou em setembro com o navio M/S Astoria e vai até maio de 2018.

Fonte – Mapa

Deixe um comentário