Fronteira brasileira com Peru e Colômbia é fiscalizada para prevenir contra o Coronavírus

Variedades

A Prefeitura da cidade de Benjamin Constant, na fronteira com Peru e Colômbia, está fiscalizando a entrada de pessoas na cidade. Após a publicação do Decreto Nº 076/2020, que estabelece medidas preventivas, a Prefeitura criou o Comitê de Combate e Prevenção ao Coronavírus (Covid-19).

Integrado pelas Forças de Segurança Pública Municipal e Estadual, Vigilância Sanitária e Secretaria Municipal de Saúde, as equipes de fiscalização atuam no controle de entrada e saída no município. De acordo com o Decreto, a entrada é permitida após realização de triagem. Também está sendo realizado controle de embarcações em toda a orla da cidade, que recebe grande fluxo de turistas brasileiros e estrangeiros, o que aumenta a preocupação.

Para evitar a aglomeração de pessoas, as equipes de fiscalizam atuam também na vistoria de bares, igrejas, lanchonetes, restaurantes e espaços públicos. O horário de funcionamento desses estabelecimentos não deve ultrapassar as 22h, de acordo com o Decreto.

“Entendemos que esse momento é de união e prevenção para que essa pandemia não atinja nossa região. Por isso, essas medidas precisam ser tomadas. Estamos buscando soluções com base nas orientações da OMS e todos os órgãos competentes, conhecendo e respeitando as peculiaridades do nosso município. As equipes envolvidas estão seguindo os protocolos de segurança”, afirmou o prefeito, David Bemerguy.

Entre outras medidas adotadas pela Prefeitura, estão suspensas as aulas presenciais, atividades desportivas, academias, clubes e bares. Serviços administrativos funcionam internamente, sem atendimento ao público, com exceção do hospital e Unidades Básicas de Saúde (UBS). Serviços de limpeza pública e protocolo da Prefeitura e segurança municipal funcionam normalmente.

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta