Mais de 40 mil pessoas já fizeram a declaração do imposto de renda 2020 no Amazonas

Variedades

A Receita Federal recebeu em todo o Brasil até as 9h horas desta segunda-feira (9) 2.780.104 declarações do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) 2020, ano-base 2019, no estado do Amazonas foram recepcionadas 49.706. Já na 2ª Região Fiscal, composta pelos estados do Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia e Roraima, 195.774 contribuintes cumpriram a obrigação com o fisco federal.

O sistema de recepção de declarações da Receita Federal funciona 20 horas por dia. Fica indisponível somente na madrugada, entre 1 hora e 5 horas. No site do órgão, há conjunto de informações completas sobre como preencher corretamente o documento, além das regras sobre o que pode ser utilizado como deduções.

O órgão alerta que o contribuinte só deve utilizar como dedução aquilo que puder comprovar documentalmente, caso seja chamado para explicar divergências nas informações prestadas ao órgão.

A partir deste ano, a Receita Federal antecipará a liberação das restituições. O primeiro lote sairá em 29 de maio. Serão cinco lotes ao todo e não sete como em anos anteriores.

O contribuinte pode acompanhar o processamento da declaração por meio do serviço e-CAC, disponível no site da Receita, o que possibilita o contribuinte acompanhar a análise da sua declaração e, em havendo divergências, fazer as correções necessárias.

Lote Residual de Restituição Multiexercício

A partir das 9 horas desta segunda-feira, 9 de março, estará disponível para consulta o lote multiexercício de restituição do Imposto sobre a Renda da Pessoa Física, referente a março de 2020, contemplando as restituições residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2019.

O crédito bancário para 72.546 contribuintes em todo o Brasil será realizado no dia 16 de março, totalizando R$240 milhões. Desse total, R$104.186.759,61 referem-se ao quantitativo de contribuintes de que tratam o art. 16 da Lei nº 9.250/95 e o Art. 69-A da Lei nº 9.784/99, sendo 1.848 contribuintes idosos acima de 80 anos, 11.528 contribuintes entre 60 e 79 anos, 1.621 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave e 5.667 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

No estado do Amazonas, o valor total de R$ 2.127.461,72 será distribuído entre 802 contribuintes. Já na 2ª Região Fiscal, composta pelos estados do AC, AM, AP, PA, RO e RR, 3.530 contribuintes terão direito a créditos no valor total de R$ 10.601.247,14.

 

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta