Lançada a sétima edição da coletânea Quarentenas Amazônicas

Variedades

Covid-19 e Economia no Amazonas é o título da sétima edição da Coletânea Quarentenas Amazônicas. De caráter especial, a nova edição apresenta conjuntos de indicativos teóricos e técnicos de pesquisadores sobre as preocupações sociais ampliadas pela pandemia de covid-19.

A edição atual foi escrita com a participação da Ufam polo Parintins, representada pelo professor do curso de Administração Francisco Alcicley e também conta com as contribuições das professoras Mariana Baldoino e Rubia Silene, ambas da Uninorte, e dos economistas João Clovis e Ivan Lemos.

Segundo o líder do Núcleo de Estudos e Pesquisas em Ambientes Amazônicos e primeiro autor da atual edição, professor Renan Albuquerque, o conteúdo é direcionado ao segmento da distribuição de renda e de desenvolvimento socioparticipativo, principalmente, os mais afetados em meio à crise sócio-sanitária. “ A indústria foi muito atingida por essa crise. Na obra os autores demonstram que uma recuperação efetiva do setor deve vir em médio prazo, mesmo considerando que novos projetos aprovados pelo Conselho de Administração da Superintendência da Zona França de Manaus apontem um quantitativo de quase 1500 empregos, o que, embora seja positivo, é insuficiente para reverter a realidade de um Estado em que 64,3% da população ocupada está na informalidade, em subemprego, ganhando pouco mais de 400 reais por mês”, ressalta.

A Covid-19 e a digitalização da dor no Amazonas, o Projeto Amazônia 4.0 e os impactos gerais e específicos da pandemia podem ser conferidos na edição completa.

 

 

 

Fonte – Ufam

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta