Municípios da Amazônia e do Semiárido entram na lista de certificação do Selo UNICEF, Manaquiri no Am foi reconhecido

Variedades

Mais 41 municípios da Amazônia e do Semiárido foram reconhecidos pelo Selo UNICEF Edição 2017-2020 por seus avanços em educação, proteção e saúde de crianças e adolescentes. Os resultados dessa última edição foram anunciados em dezembro passado. Após a divulgação oficial, as gestões municipais tiveram um prazo de 30 dias para solicitar a revisão a partir de justificativas embasadas em documentos e dados de fontes oficiais responsáveis pelas informações. Encerrado esse período, o UNICEF analisou todos os pedidos e atualizou a lista de municípios certificados.

Os 41 novos municípios certificados pela iniciativa (sete do Semiárido e 34 da Amazônia) unem-se a outras 431 cidades de 18 estados das duas regiões que garantiram melhorias significativas na vida de milhões de meninas e meninos a partir da implementação de políticas públicas qualificadas.

A experiência do Selo UNICEF ao longo de suas edições demonstra que os municípios que participam da iniciativa conseguem evoluir mais do que outras cidades em relação aos indicadores que demonstram acesso a direitos essenciais para crianças, adolescentes e suas famílias. E os municípios certificados alcançam resultados ainda melhores.

Confira a lista completa de municípios certificados no Selo UNICEF 2017-2020 e os resultados alcançados aqui.

A próxima edição do Selo UNICEF (2021-2024) será lançada este ano e os municípios dos 18 estados do Semiárido e Amazônia brasileiros poderão aderir outra vez à iniciativa, comprometendo-se a trabalhar pela garantia dos direitos de crianças e adolescentes em seus territórios.

Sobre o Selo UNICEF

O Selo UNICEF é uma iniciativa do UNICEF para estimular e reconhecer avanços na promoção, realização e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em municípios do Semiárido e da Amazônia Legal brasileira. A metodologia inclui o monitoramento de indicadores sociais e a implementação de ações que ajudem o município a cumprir a Convenção sobre os Direitos da Criança, que no Brasil é refletida no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A Edição 2017-2020 do Selo UNICEF contou com a adesão espontânea de 1.924 municípios de 18 estados da Amazônia Legal brasileira e do Semiárido, que se comprometeram a priorizar crianças e adolescentes nas políticas públicas, com metas e indicadores claros. Ao longo desses quatro anos, o UNICEF acompanhou os municípios, capacitou gestores públicos e forneceu apoio técnico para a formulação e fortalecimento de políticas públicas, a partir de uma metodologia baseada nas prioridades do UNICEF para o Brasil: alcançar crianças e adolescentes excluídos, melhorar a qualidade das políticas públicas existentes para crianças e adolescentes, prevenir e enfrentar as formas extremas de violência contra meninas e meninos e promover a participação da comunidade, especialmente de adolescentes.

Municípios que entraram com recurso e foram certificados (após 8/12)

ACRE
Rio Branco

AMAZONAS
Manaquiri

CEARÁ
Iracema
Milhã
Pentecoste

MARANHÃO
Açailândia
Anapurus
Barreirinhas
Belágua
Centro Novo do Maranhão
Cururupu
Estreito
Formosa da Serra Negra
Governador Eugênio Barros
Jenipapo dos Vieiras
Paraibano
Pedreiras
Pirapemas
Presidente Sarney
São Bernardo
São Francisco do Brejão
São João do Sóter
Sucupira do Riachão
Trizidela do Vale

MATO GROSSO
São José do Rio Claro

PARÁ
Canaã dos Carajás
Mocajuba
Oriximiná
Vigia

PARAÍBA
Sumé

PIAUÍ
Bocaina
Joca Marques

RONDÔNIA
Espigão do Oeste
Itapuã do Oeste
Rolim de Moura
Primavera de Rondônia

RORAIMA
Pacaraima

SERGIPE
Divina Pastora

TOCANTINS
Araguacema
Porto Nacional
Palmeirópolis

Fonte – Unicef

Foto – Divulgação 

 

Deixe uma resposta