O setor da Alimentação Fora do Lar está confiante para retornar seu serviço de Delivery, Drive Thru e Coleta até as 23h

Variedades

A saúde em Manaus está um caos e desde o ano passado a alimentação fora do lar vêm sofrendo economicamente por estarem proibidos de abrir as portas, muitos proprietários fecharam suas portas em definitivo e por conta disso vários funcionários perderam seus empregos. A Abrasel no Amazonas vem durante este tempo lutando, tentando amenizar as rigorosas restrições dos decretos oficializados pelo Governo junto a classe, tentando flexibilizar.

Desde então foram três decretos e os associados esperam que este último que inclui o toque de recolher, onde os restaurantes só podem funcionar até antes das 19h em formato de delivery, finalize no dia 24 e que a partir do dia 25, eles possam trabalhar pelo delivery, drive thru e take away até as 23h. Tendo em vista que o segmento se preparou e investiu para cumprir o protocolo pela Fundação de Vigilância e Saúde contra o covid-19, e mesmo assim foram fechadas.

De acordo com o presidente da Abrasel no Amazonas, Fábio Cunha, “O toque de recolher foi compreendido e acatado pelos empresários, visto que a situação nos hospitais se encontra fora de controle, mas esperamos que no dia 25 de janeiro, possamos atender com o serviço de delivery, drive thru e take away até as 23h, pois existem muitas pessoas que utilizam o serviço por trabalharem no horário noturno e não tem tempo de cozinhar, portanto este serviço é muito importante para toda a população. Portanto o serviço de entrega de alimentos prontos para o consumo é essencial para os manauaras”, afirma Fábio.

Mediante a situação o foco não só da Abrasel no Amazonas, mas como de todos está voltado para esta questão de tentar ajudar a saúde em geral, a falta de oxigênio, a falta de atendimento dos pacientes e quando toda esta situação for superada a associação vai voltar a tratar de assuntos relacionados a atividades econômica. No momento os associados estão engajados a ajudar com o fornecimento de lanches e refeições para os profissionais de saúde e familiares dos pacientes.

São várias empresas que estão trabalhando com essa ação social. Aqui temos algumas doações do bem dos associados:

• Loppiano, Cantina Ghiotto, Fellice, Di Caputti, Laranjeiras Restaurante e Pizzaria – doaram pizzas;

• Coliseu e Hamburguella – doaram sopas;

• Amazon Bowlling, Expresso 73 e Mercato Brasil – doaram lanches;

• Restaurante Biliskão – Lançou a campanha “Lanche do Bem” e até o momento arrecadou cerca de 1.300 kits lanche (sanduíche + refrigerante);

• Grupo Dedé – na capital doou refeições para vários profissionais em várias UBS da cidade, já no interior doou mantimentos para a Casa de Sara, localizada no município de Iranduba.

Para o Rodrigo Zamperlini, um dos conselheiros da Abrasel no Amazonas e dono de restaurante, “Toda esta onda de solidariedade que temos visto no Amazonas e até de outras partes do Brasil, renova as nossas esperanças de que vamos vencer esta pandemia e, claro precisamos em algum momento retomar, da melhor maneira, as atividades econômicas, muitos empregos dependem destas atividades e esperamos poder contar com essas empresas futuramente e que elas continuem a existir e a gerar outros empregos”, declara Zamperlini.

 

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta