No Mangueirão, Remo e Brasiliense decidem o título de campeão da Copa Verde

Variedades

O campeão da Copa Verde de Futebol 2020 será decidido nesta quarta-feira (24), no Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, em Belém. O Clube do Remo (PA) e o Brasiliense Futebol Clube (DF) entram em campo, às 16h, para disputar o título da competição, que garante uma vaga nas oitavas de finais da Copa do Brasil 2021. A final terá início às 16h, com transmissão pela TV Cultura do Pará em parceria com a TV Brasil.

Para sediar a final da Copa Verde, a Secretaria de Estado de Esporte e Lazer (Seel) finalizou, nesta terça-feira (23), os preparativos com a higienização de toda a estrutura como forma de prevenção à propagação do novo coronavírus. Em uma sala do estádio, técnicos enviados pela Confederação Brasileira de Futebol instalaram os equipamentos do Video Assistant Referee (VAR), tecnologia utilizada em partidas de futebol para esclarecer lances considerados duvidosos.

“É com alegria que a Seel recebe mais uma final de competição, dessa vez a Copa Verde. Em um período totalmente atípico, por conta da pandemia, o estádio se manteve organizado e preparado. Mesmo no período de inverno, foram realizados os ajustes para esta partida. Ressaltamos também a presença do VAR, mais conhecido como árbitro de vídeo, isto assegura que o campeão seja decidido de maneira mais transparente”, informou Fábio Lima, diretor do Estádio Olímpico.

O clube paraense busca um título inédito e, de acordo com o técnico da equipe, Paulo Bonamigo, os jogadores entrarão em campo confiantes. “A postura é de confiança, mesmo sabendo que estamos em desvantagem e temos que fazer um jogo mais eficiente dentro da nossa casa”, afirmou o treinador.

A Copa Verde de Futebol é uma competição regional brasileira disputada entre 24 equipes da Região Norte e Centro-Oeste, mais o Espírito Santo.

Para o radialista Valmir Rodrigues, que irá narrar a final pela Rádio Clube do Pará, há grandes chances de que o time paraense possa levantar a taça de campeão. “O Remo teve mais qualidade no primeiro jogo da final em que perdeu por 2 a 1, em Brasília, e tem, sim, condições de reverter e ganhar o campeonato. A Copa Verde é uma competição que pode ser coroada de êxitos e que não teve calendário no ano passado em razão da pandemia da Covid-19. Continuamos sem a presença dos torcedores no estádio, e vamos levar todos os lances aos nossos ouvintes”, disse o narrador.

A equipe de arbitragem está composta por Jefferson Ferreira de Moraes (GO), como árbitro; Cristhian Passos Sorence (GO) e Leone Carvalho Rocha (GO), como assistentes; e por Andrey da Silva e Silva (PA), como quarto árbitro.

 

 

Fonte – Agência Pará

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta