Três dicas para armazenar os temperos e explorar melhor os sabor e aromas

Variedades

Você sabia que as ervas e especiarias precisam ser bem armazenadas para que seu sabor, textura, qualidade e naturalidade durem pelo tempo de sua validade? Sim, temperos também têm data de validade e guardar da maneira correta é tão importante para sua durabilidade quanto os processos de seleção e desidratação que são realizados para que cheguem perfeitamente saborosos até a sua casa.

Para que as ervas e especiarias continuem cumprindo seu papel na preparação dos alimentos nas receitas, o armazenamento correto é essencial. Apaixonada por temperos e marca da General Mills, a Kitano ensina como armazenar corretamente os temperos. São dicas simples e que vão fazer com que as ervas e especiarias mantenham seu inconfundível aroma e sabor. Anote aí:

Utilize recipientes fechados

Após abrir a embalagem, caso não tenha o zíper estilo abre e fecha como os temperos de Kitano, uma boa dica é que o armazenamento das ervas e especiarias sejam feitos em potes bem vedados, seja de vidro, de plástico ou de acrílico. Quando não se está usando os temperos, o recipiente deve ficar totalmente fechado para impedir a entrada de ar e umidade, que podem diminuir o sabor, aroma e benefícios.

Um adendo importante é sempre usar o mesmo recipiente para o mesmo tempero, pois as ervas e especiarias deixam seu aroma na superfície e podem passar o sabor para outro. Ou seja, se guardou uma vez tomilho naquele potinho, sempre utilize para a mesma erva quando acabar.

Longe da geladeira e de altas temperaturas

Sabe por que se fala tanto em armazenar o tempero em recipientes fechados e sem entrada de ar e umidade? Porque a umidade em contato com alimentos e temperos favorece o surgimento e proliferação de microorganismos como mofo e bolor. Portanto, nem pense em guardar temperos na geladeira.

Outro conselho: evite armazenar em lugares com alta temperatura. Essa exposição ao calor por determinado tempo pode causar a perda do sabor e aroma, além de diminuir a segurança alimentar do tempero, fazendo com que perca a validade mais rápido.

“É muito importante se atentar ao armazenamento correto, pois os temperos podem perder seu sabor e aroma gradualmente com o passar do tempo, além de ficar correr o risco de embolorar ou mofar se exposto a situações inadequadas. Temperos como de Kitano, que possuem mecanismo de abre e fecha são uma opção prática para armazenar após a abertura”, explica a gerente de marketing de Kitano, Gessica Sponchiado.

Coloque etiquetas nos potes

Agora que explicamos os porquês de guardar os temperos em recipientes fechados, em locais apropriados e de olho na validade, uma dica interessante é etiquetar os potes. Essa é uma maneira que vai facilitar a identificação do tipo, além das datas de validade. Desta forma, você não precisa ficar abrindo e fechando para ter certeza qual é a erva ou especiaria guardada e também se orienta sobre o melhor tempo para explorar o gosto e a naturalidade.

A fita crepe é mais recomendada do que as etiquetas do tipo escolares, porque é mais fácil de atualizar sem ficar resquício na superfície do pote. Após seguir todas essas dicas, pode ter certeza que os temperos vão fazer toda a diferença na preparação de pratos. Divida sua receita com a gente nas redes com na hashtag marcando @kitano.brasil, seu prato pode ser compartilhado na fanpage.

Sua refeição fica muito mais saborosa com temperos, ervas e especiarias da Kitano. Para mais informações,

Fonte – Ascom

Foto – Divulgação

 

 

 

Deixe um comentário