Arenas temáticas consolidam demandas e criam Fórum Amazônico Municipalista

Variedades

Após uma maratona de dez arenas temáticas, num total de 20 horas de debates, sobre as principais necessidades setoriais para os Municípios brasileiros, a XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios apresentou os resultados desses painéis, que vão compor a carta Compromissos com o Brasil.

Durante a leitura dos documentos, a prefeita de Cristal (RS), Fabia Richter, agradeceu os anos que Paulo Ziulkoski, que presidiu a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) por 21 anos, dedicou ao municipalismo brasileiro. A gestora apresentou os resultados da arena temática de Saúde, reforçando a necessidade de os prefeitos apoiarem o Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde (Conasems), pois a gestão do setor é feita na Comissão Intergestora Tripartite, com 300 federados.

“Precisamos ter uma atenção estratégica com a Tripartite. É dever dos prefeitos dar apoio político para que essa pactuação aconteça. Estamos numa aproximação fantástica com o Conasems como nunca aconteceu antes. Mas gostaríamos muito que os prefeitos com perfil na área da Saúde formassem um grupo para que, junto com o Conasems, possamos verdadeiramente escrever uma história municipalista para a saúde”, defende Richter.

O prefeito de Santana (AP), Ofirney Sadala, externou a felicidade em fazer a leitura do documento consolidado da arena de Administração. “Os compromissos estão na direção de mudanças nas leis. E quando falamos dessas mudança na lei, estamos buscando o princípio constitucional da Eficiência da gestão. Isso dará mais segurança e coragem para os prefeitos em suas decisões e administrações”, acredita.

Por fim, os gestores reunidos no Encontro Amazônico expuseram as necessidades que a região da Amazônia Legal, que engloba 772 Municípios, enfrenta. “É uma das regiões mais ricas do mundo, mas com uma população extremamente em dificuldade. Portanto, decidimos e criamos um Fórum Permanente de Municípios Amazônicos, na linha dos que os governadores estaduais fizeram, para defender políticas específicas para a região a partir da visão municipalista”, celebrou o diretor executivo da Federação das Associações de Municípios do Estado do Pará (Famep), Josenir Nascimento. Ele apresentou o documento final em conjunto com o prefeito de Manaquiri (AM) e diretor da CNM, Jair Souto.

 

Fonte – CNM

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta