Ministério lança Indicadores de Educação Ambiental

Variedades

O Ministério do Meio Ambiente (MMA) lançou nesta quinta-feira (6), em Brasília, os Indicadores de Políticas Públicas de Educação Ambiental. A iniciativa é resultado do trabalho da Articulação de Políticas Públicas de Educação Ambiental (Anpeea), da qual o ministério faz parte juntamente com outras instituições que desenvolvem atividades nessa área.

Os Indicadores estão disponibilizados ao público em plataforma digital no site do MMA. A ferramenta vai permitir monitorar o desempenho e os resultados das ações de educação ambiental (EA) promovidas em todo o país por prefeituras, governos estaduais e federal, comitês de bacia e várias outras entidades com atuação na área.

Atualmente, não há informações sistematizadas em um banco nacional de dados sobre políticas públicas de educação ambiental implementadas no Brasil. Sem esses dados, fica difícil identificar os desenhos de políticas que produzem resultados mais positivos e problemas mais comuns na execução das ações de educação ambiental.

“Ter indicadores definidos faz com que possamos avaliar a riqueza dos trabalhos e políticas públicas de educação ambiental desenvolvidas no país e proporciona um caminhar sincrônico entre os diversos setores da sociedade. Além disso, trabalhar com esses indicadores é um processo educativo que dá pistas de como implementar políticas públicas estruturantes”, diz a diretora de Educação Ambiental do MMA, Renata Maranhão.

Além de ser um instrumento útil para monitorar e avaliar políticas e projetos em execução, os Indicadores, segundo ela, permitem identificar, por exemplo, que metodologias promovem execuções mais eficientes das políticas públicas de educação ambiental e definir medidas que ajudem órgãos públicos, entidades da sociedade civil, escolas e instituições acadêmicas a aprimorar suas ações.

De acordo com a coordenadora da Articulação de Políticas Públicas de Educação Ambiental, Maria Henriqueta Raymundo, os Indicadores foram criados pela entidade de forma colaborativa com distintos segmentos que promovem educação ambiental no país. “Foi um trabalho coletivo que envolveu a participação de instituições de todo o Brasil. Monitorar e avaliar projetos e políticas de educação ambiental por meio dos Indicadores será fundamental para o desenvolvimento da educação ambiental em todo o país”, concluiu.

 

Fonte – MMA

Foto – Divulgação