Ufam e Serviço Florestal inauguram laboratório para calcular carbono armazenado pelas árvores da Amazônia

Variedades

O Serviço Florestal Brasileiro e a Universidade Federal do Amazonas (Ufam) inauguram amanhã (8), em Manaus (AM), o primeiro Laboratório de Inventário e Mensuração de Florestas Tropicais. O laboratório, apelidado de Casa de Carbono, irá apoiar os esforços do Inventário Florestal Nacional (IFN) no desenvolvimento de equações e processamento de dados para estimar o volume de madeira, biomassa e carbono armazenado pelas árvores da Floresta Amazônica.

O laboratório foi construído com recursos do Fundo Amazônia, geridos pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e repassados à universidade por meio do Serviço Florestal Brasileiro.

Inventário Florestal Nacional

O Inventário Florestal Nacional é um levantamento realizado pelo governo federal para produzir informações sobre os recursos florestais brasileiros. A coleta de dados é feita em todo o território, diretamente nas florestas – naturais e plantadas – incluindo a coleta de amostras botânicas e de solo, a medição das árvores e a realização de entrevistas com os moradores das proximidades. Desta forma, são avaliadas a qualidade e as condições das florestas e a sua importância para as pessoas.

Vão estar presentes à cerimônia de inauguração o diretor-geral do Serviço Florestal Brasileiro, Valdir Colatto, o reitor da Ufam, Sylvio Mário Puga Ferreira, e o gerente do Departamento de Meio Ambiente e Fundo Amazônia do BNDES, Nabil Moura Kadri, além de autoridades locais.

 

Fonte – Mapa

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta