Conheça os Diferentes Tipos de Cooperativas do Brasil

Notícias

Você conhece os Tipos de Cooperativas existentes? Pois saiba que existem várias, sendo que as cooperativas têm origem no período da Revolução Industrial.

O cooperativismo é um padrão em alta que está em contínuo crescimento pelo mundo, com o principal intuito de contribuir com os esforços de um grupo para alcançar benefícios comuns a todos.

De forma que a cooperativa agrega em si pessoas com interesses coincidentes para prestarem serviços entre si, de forma a atingir vantagens para todo o grupo.

As cooperativas poderão ser classificadas em 13 ramos de atuação e em todos eles há diferentes casos que comprovam a competitividade do modelo e sua contribuição para a sociedade.

De acordo com os princípios do cooperativismo, as instituições possuem uma adesão voluntária e livre, sendo administradas de forma democrática por todos os seus membros.

A diferentes cooperativas atuam nos mais variados segmentos venha conferir quais são os 13 ramos de atuação das cooperativas.

Diferentes Tipos de Cooperativas
01- Cooperativas Agropecuárias
As cooperativas agrícolas e agropecuárias tem como intuito principal auxiliar os seus associados a comercializar da melhor maneira possível.

Auxiliando em suas produções e proporcionando bons compradores e preços para os produtos agropecuários.

Com o ganho de escala na produção, os cooperados podem fazer maiores negócios, inclusive exportações.

A maioria das cooperativas agropecuárias possuem uma equipe técnica para dar assistência aos produtores, assegurando uma maior informação com uma melhor produção.

Muitas dessas associações ainda oferecem serviços para os produtores, como por exemplo, o beneficiamento de café, a pasteurização de leite, a embalagem de produtos, entre outros.

02- Cooperativas de Consumo
As cooperativas de consumo são associações que visam prover os seus cooperados, realizando compras em comum, para uso doméstico, com preços mais baixos e com qualidade.

Assim os associados conseguem negociar descontos maiores e, assim, a cooperativa defende economicamente os interesses de seus cooperados.

A diferença entre uma cooperativa e um mercado comum está na importância cedida ao cooperado, que não é trato como um mero comprador, possibilitando aos donos do negócio, participar de todas as decisões da cooperativa.

03- Cooperativas de Crédito
Cooperativa de crédito também conhecida por cooperativa financeira, é uma associação de pessoas que visam controlar as suas finanças, com mais vantagens do que o banco comum poderia proporcionar.

Em geral, essas cooperativas oferecem os mesmos produtos e serviços financeiros que um banco, como, por exemplo, cartões, contas, empréstimos, financiamentos, entre outros.

Funciona de forma condicionada e regulada pelo Banco Central.

04- Cooperativas Educacionais
É uma cooperativa formada por professores e pais de alunos, sendo organizada para prestar serviços educacionais, com ensino de qualidade e preços melhores que em uma escola normal.

Funciona também pelo MEC, com todas os seus regulamentos, com o corpo docente e a equipe de direção pedagógica, que são funcionários contratados.

A maior vantagem é diante da discutível qualidade da educação brasileira, sendo possível que os pais e professores tenham maior participação na instituição de ensino.

05- Cooperativas Habitacionais
Nessa modalidade há um objetivo de adquirir residências com custos mais acessíveis para seus cooperados, podendo acontecer de três formas, como:

A cooperativa é constituída por profissionais, técnicos e trabalhadores da construção civil que se juntam para construir habitações para si ou para outros;
A cooperativa é constituída por pessoas que escolhem, em mutirão, construir casas para os seus associados;
A cooperativa é constituída por pessoas que optem pelo financiamento da construção de casas, seja só para seus sócios ou para outros.
06- Cooperativas de Infraestrutura
As cooperativas de infraestrutura têm como objetivo atender de forma direta ou indireta os associados com serviços essenciais de infraestrutura.

Por exemplo: limpeza pública, saneamento, segurança, entre outros.

Sendo que nessa modalidade as cooperativas de eletrificação rural são a maioria desse ramo.

Além disso, essas cooperativas deixam de ser apenas distribuidoras para serem também geradoras.

07- Cooperativas de Mineração
São conforme o próprio nome diz: cooperativas constituídas por garimpeiros e os demais profissionais da mineração.

Seu principal objetivo é viabilizar a pesquisa, a extração, a lavra, a industrialização, a comercialização, a importação e a exportação de produtos minerais.

Além das atividades específicas do ramo, as cooperativas de mineração costumam ainda oferecer apoio aos seus membros em outros aspectos, como: alimentação, saúde, educação, entre outras.

08- Cooperativas de Produção
Uma cooperativa de produção é constituída por trabalhadores de categorias diferentes, mas todas as pessoas envolvidas na produção de um determinado tipo de material.

Produzindo, beneficiando, industrializando, embalando e comercializando o produto eleito pela cooperativa.

Os principais exemplos são as cooperativas de produção de fogões, confecção de roupas, entre outras.

09- Cooperativas de Saúde
Estas cooperativas em regra são constituídas por trabalhadores da área da saúde, mais diretamente, da área de preservação e recuperação da saúde humana.

A cooperativa de saúde surgiu no final dos anos 60 e expandiu-se de forma rápida, atualmente essas cooperativas atendem uma média de 24 milhões de pessoas.

10- Cooperativas Sociais
Também conhecidas por cooperativas especiais, que tem em sua base pessoas que necessitam ser tuteladas ou que ainda estão em situação de desvantagem, como, por exemplo, deficientes.

O objetivo é inserir de forma social, profissional e econômica os membros, desenvolvendo a sua cidadania dando lhe maiores oportunidades.

Funcionando através de serviços sociais, sanitários e/ou educativos, mediante atividades comerciais, de serviços, agrícolas ou industriais.

11- Cooperativas de Trabalho
Uma cooperativa de trabalho é constituída por pessoas de uma categoria específica de profissionais, como dentistas, por exemplo.

Com o objetivo de adquirir melhores condições de trabalho, como, por exemplo, espaço, insumos, entre outras, bem como, valores superiores de contratação dos seus serviços.

12- Cooperativas de Transportes
Essa modalidade de cooperativa é constituída por trabalhadores que se dedicam exclusivamente na prestação de serviços de transporte de cargas ou de passageiros.

As cooperativas de transporte podem ser de 4 formas:

Transporte individual de passageiros;
Transporte coletivo de passageiros, como, cooperativas de ônibus;
Transporte escolar;
Transporte de cargas, como, cooperativas de caminhões.
13- Cooperativas de Turismo e Lazer
Essas cooperativas prestam serviços turísticos, artísticos, de entretenimento, de esportes e de hotelaria.

Podendo atender de forma direta e prioritariamente os seus associados nessas áreas.

Tem como principal intuito estimular o desenvolvimento do potencial turístico da comunidade em que atua a cooperativa, mas sempre através de ações sociais e sustentáveis.

Adquira um software para administrar a gestão de sua cooperativa
Para poder administrar de forma mais organizada e eficaz, qualquer negócio deve ter um sistema à disposição.

Um sistema de gestão faz com que os processos sejam realizados de forma mais concisa e completa.

E isto principalmente com os softwares da Soften, que oferecem ao empresário brasileiro mais facilidade e diversas funcionalidades.

Fonte – Jornal Contábil

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta