Réveillon 2020 movimenta R$ 5,6 bi em quatro dos principais destinos brasileiros

Cultura

Pular sete ondas, ver a queima dos fogos de artifício e fazer aquele famoso brinde na hora da virada. Quem aí ainda não pensou onde realizar algumas dessas programações de final de ano para começar 2020 com o pé direito? De norte a sul, o país conta com atrativos para todos os tipos de turistas. Segundo levantamento da Agência de Notícias do Turismo, em pelo menos quatro destinos – Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Fortaleza -, a festa deve registrar uma movimentação econômica de R$ 5,6 bilhões.

Dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), divulgados na última sexta-feira (27.12), comprovam o grande interesse dos turistas nas festas de réveillon do país. Segundo a entidade, as regiões Norte, Sul, Nordeste e Sudeste trouxeram números bastante positivos da ocupação hoteleira para o período. Veja aqui. A expectativa é que esta temporada apresente crescimento em diversos destinos do país.

“Os números são extremamente positivos e mostram como grandes eventos como o Réveillon podem contribuir para a economia e geração de renda em todas as regiões do nosso país. O ano de 2019 foi extremamente importante para o turismo brasileiro, com conquistas históricas, e para o próximo ano seguiremos trabalhando para avançar ainda mais”, afirmou o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

Confira as programações e expectativas da virada do ano em alguns dos principais destinos brasileiros:

RIO DE JANEIRO (RJ) – Pode parecer até clichê, mas a capital fluminense possui uma das maiores festas de final de ano do país. Além dos famosos fogos, os turistas que tiverem virando o ano na cidade poderão assistir shows de artistas renomados, totalmente gratuitos. Para este ano, mais de 2,8 milhões de pessoas foram a Copacabana, palco da maior queima de fogos de artifício do país. Deste total, a Riotur estima que entre 1,7 e 1,9 milhão sejam turistas. A ocupação média durante o período está em 90%, podendo chegar a 100% nos bairros mais procurados. O impacto financeiro esperado é de cerca de R$ 3 bilhões.

SALVADOR (BA) – A capital do Axé também não ficou para trás e, desde o último sábado (28.12), ofereceu shows de diversos ritmos para todos os gostos. Para este período, a prefeitura espera uma movimentação de R$ 407,2 milhões na economia da cidade. Serão quase 500 mil turistas. A ABIH espera 100% de ocupação nos hotéis durante o réveillon. A maioria dos hóspedes brasileiros esperados são provenientes dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Entre os estrangeiros, franceses e norte-americanos são destaques.

SÃO PAULO (SP) – Na maior cidade do país, o palco da festa foi a tradicional Avenida Paulista, onde  cerca de dois milhões de pessoas marcaram presença. Na programação, aconteceram shows das duplas Anavitória, Marcos e Belutti e o cantor Lulu Santos, que fez a contagem regressiva na passagem de ano. Fazem parte da festa, ainda, o grupo Chiclete com Banana e a escola de samba Rosas de Ouro. O impacto financeiro esperado é da ordem de R$ 600 milhões.

FORTALEZA (CE) – A capital cearense registrou 650 mil turistas para brindar a chegada de 2020. Entre as atrações que se apresentaram no Aterro da Praia de Iracema nomes como Jorge Ben Jor, Calcinha Preta, Matheus e Kauan, Alok, Fagner, Nando Reis e a dupla Simone e Simaria. Segundo a secretaria de turismo de Fortaleza, a taxa de ocupação hoteleira é de 96% com a previsão de movimentação econômica de R$ 1,6 bilhão.

RECIFE (PE) – A ABIH-PE registrou uma ocupação superior a 96% na rede hoteleira de Recife durante o período de Réveillon. Segundo a Prefeitura Municipal da capital pernambucana, mais de um milhão de pessoas acompanharam a programação da virada em dois polos na orla de Boa Viagem. O local, principal cenário da festa na cidade, contou com um show pirotécnico de 15 minutos, com 21 toneladas de fogos de artifício de baixo impacto sonoro. Além de Boa Viagem, que vai ser palco de um show da cantora Gaby Amarantos, as celebrações ocorrerão nos bairros do Ibura, Várzea e Lagoa do Araçá, com uma agenda que reúne cerca de 40 atrações.

BELÉM (PA) – Na virada de ano, a Estação das Docas foi um dos principais pontos para quem quiz curtir a queima de fogos. O local teve dois palcos com grandes atrações musicais e 15 minutos de show pirotécnico na baía do Guajará. A entrada na festa foi gratuita nas áreas comuns da Estação das Docas. Outra atração na noite de Ano Novo em Belém são os shows ao ar livre no Portal da Amazônia. Os turistas ainda conferiram o espetáculo Fogos na Torre, realizado há quase 30 anos no estado. A expectativa da ABIH-PA é de crescimento de 18% para o réveillon e de 4% para janeiro, comparados com o ano passado.

PORTO ALEGRE (RS) – O Réveillon 2020 – “POA Pra Frente, Feliz Ano Novo Pra Gente” marcou a virada do ano na capital gaúcha. A festa, qaconteceu na orla Moacyr Scliar, que recebeu mais de 140 mil pessoas. Entre as atrações o publico pode assistir a um espetáculo pirotécnico de cerca de 10 minutos e shows musicais com os vencedores do 14º Festival de Música de POA. Em todo o estado, o cenário foi de otimismo quando se fala em ocupação hoteleira. O réveillon nos três principais balneários do estado tem taxas de ocupação de até 100%, assim como na famosa cidade de Gramado. Em janeiro, a expectativa é que as reservas para hospedagem nessas localidades atinjam 85% da capacidade.

MANAUS (AM) – Para celebrar a chegada do ano novo, a prefeitura promoveu, na terça-feira, 31/12, o Réveillon de Manaus 2020, em três pontos da cidade: Complexo Turístico da Ponta Negra, zona Oeste; bairro de Educandos, zona Sul; e Shopping Phelippe Daou, zona Leste.

Outros pontos da capital do Amazonas, como o bairro Viver Melhor, na zona Norte, e Colônia Antônio Aleixo, na zona Leste, também receberam apoio da Prefeitura de Manaus para as festas da virada do ano.

Em Manaus ainda aconteceu o Réveillon de Yemanjá, promovido pela Articulação Amazônica dos Povos Tradicionais de Matriz Africana (Aratrama) e a Associação de Desenvolvimento Sociocultural Toy Badé, o evento aconteceu na Praia da Ponta Negra.

BOA VISTA (RR) – Foi possível curtir a virada no Parque Anauá, com shows de artistas locais. Os fogos de artifício foram acompanhados com programação músical variada por cerca de 10 minutos. Houve ainda a soltura de balões brancos para simbolizar paz e renascimento.

 

 

Fonte – Redação Coopnews com informações do Mtur e PMM

Foto – Divulgação

Deixe uma resposta